Bronks, o torto de "Sintonia", lança série no YouTube com temas de quebrada

Autor: Wenderson França

Fotos por: Reprodução

Pega a visão | 30/10/2019 15:32:59

Anexo faltante

Conhecido por sempre passar o papo reto, É O Bronks, o Torto de “Sintonia“, tem um canal no YouTube com quase 150 mil inscritos onde ele troca ideia com os cria de quebrada através dos conteúdos postado lá e também no Instagram. Inspirado em sua passagem na série da Netflix, Bronks lançou “Os Manos da Responsa”, projeto que também retrata as vivências da favela e em apenas duas semanas bateu a marca de 200 mil visualizações. O Portal KondZilla foi atrás de entender mais sobre essa pegada, então cola com nós.

Com aproximadamente 16 minutos, o primeiro episódio de “Os Manos da Responsa” aborda um assunto infelizmente corriqueiro vivido não só por moradores da quebrada, mas pela sociedade no geral: o feminicídio, um homicídio cometido contra mulheres, que é motivado por violência doméstica ou discriminação de gênero. Afinal, dados do primeiro semestre do ano levantados pelo G1 mostra que a cada duas horas uma mulher morre vítima de violência.

Pensando nisso, podemos enxergar visivelmente a importância de produções que conscientizam as pessoas como “Os Manos da Responsa”. Além do Bronks, outros atores de “Sintonia”, como Binho X, o Caneta, e Leonardo Campos, que vive o Lindão, dão aquela palinha na roda que mostra como cobrar o vacilão que agride a mulher dentro da comunidade na hora das ideia.

Em entrevista, Bronks explica que a série vai tratar de outros temas do dia a dia. “Na verdade, o projeto aborda vários temas polêmicos que acontecem na favela e no asfalto, não só o feminicídio”. Bronks já presenciou casos de feminicídio, bem como a roteirista também do vídeo. “Eu e minha equipe optamos por ter como primeiro episódio o feminicídio já que eu presenciei isso. Além disso, a roteirista que me ajuda viveu isso. A violência contra a mulher está na casa de todo mundo, desde favela até classe alta”, concluiu ele.

Com 200 mil visualizações em apenas 2 semanas de lançamento no YouTube, o público abraçou a produção, mesmo que caseira, por ter se visto representado nela. “O público da favela se reconheceu, podemos perceber pelos comentários embaixo do vídeo”. Bronks ainda contou uma curiosidade dos dias de gravação, que aponta que não aceitamos mais casos de feminicídio e temos que intervir. “Inclusive, um senhor com um pedaço de pau que não fazia parte do elenco ouviu os apelos da atriz e saiu correndo para socorrê-la. A produção teve que impedir”, comenta ele.

Não tem conversa, trombou homem agredindo mulher é levar diretamente para as ideia ou ligar no 190. Se você conhece alguém ou está passando por isso o telefone 180 (central de atendimento à mulher) pode te dar toda a assistência. Abra os olhos, não queremos que você faça parte das estatísticas.

Os próximos episódios

Para conferir a produção é só colar diretamente lá no canal do Bronks, que já está para sair mais uns episódios de “Os Manos da Responsa”. “Os próximos vídeos estão no forno, serão lançados nas próximas semanas, sempre atendendo os pedidos do público e assuntos recorrentes”.

Pega a visão, se você mora na favela sabe que o que vem por aí é um dos assuntos mais comentados na quebrada. “O segundo episódio traremos ladrões de ubers e motos”, concluiu Bronk.

Acompanhe Bronks nas redes sociais: Instagram // Youtube

Assista também:

Leia também:

Novos talentos contam como foi participar de “Sintonia”

O quê você
procura?