Brasil registra atos em defesa da educação

Autor: Wenderson França

Fotos por: Fernando Frazão // Agência Brasil

Notícias | 14/08/2019 14:05:03

Anexo faltante

Aconteceu nesta terça-feira, 13 de agosto, em várias partes do Brasil, as manifestações em defesa da educação e contra a reforma da previdência. Os protestos foram convocados por por entidades estudantis, como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). Em São Paulo os manifestantes se reuniram no vão do Masp (Museu de artes de São Paulo) localizado na Avenida Paulista e ocuparam as duas faixas sentido bairro e centro. No Rio de Janeiro estudantes de universidade públicas promoveram atos no centro da cidade e em Campos de Goytacazes, Norte Fluminense. No Distrito Federal as manifestações foram realizadas na Esplanada dos Ministérios. A PM e os grupos não informaram o número de presentes.

Às 10h30, os atos desta terça já eram o assunto mais comentado no Twitter Brasil com as hashtags #Tsunami13Agosto e #TsunamiDaEducação. Um dos motivos dessa terceira manifestação a favor da educação foi o corte de verba da educação básica no valor de R$ 348 milhões divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na semana passada. Esse corte afetou as áreas da educação em tempo integral, creches, alfabetização e ensino técnico.

As manifestações ocorreram, segundo a UNE, em mais de 150 cidades dos 26 Estados e no Distrito Federal, todas foram pacíficas. Esta é a terceira mobilização desde de maio quando o governo de Jair Bolsonaro anunciou cortes na educação. A primeira foi em 15 de maio e ocorreu em ao menos 222 cidades em todos os estados e no DF. A segunda aconteceu em 30 de maio, em pelo menos 136 cidades de 25 estados e no DF.

Reforma da Previdência

Além de se manifestarem contra os cortes na educação, os manifestantes criticaram também a proposta de emenda à Constituição que altera as regras da Previdência, enviada para o Senado na semana passada. Por isso, falamos no Portal KondZilla tudo o que você precisa saber sobre a reforma da Previdência, esse texto explica melhor um dos motivos desse dia de protesto.

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?