8 marcos para a KondZilla Filmes

Autor: Redação

KondZilla | 31/05/2019 14:56:02

Anexo faltante

Oito anos se passaram e a KondZilla se tornou o maior canal de música do Brasil e um dos maiores do mundo. Atualmente, são mais de 49.500 milhões de inscritos que acreditam no potencial da música de favela, nos acompanhando diariamente. Para comemorar essa data tão especial, conversamos com um pessoal que ajudou a construir essa caminhada pra contar alguns momentos marcantes dessa trajetória.

Os primeiros 100 milhões de visualizações

Lançado em setembro de 2015, o videoclipe do MC João foi o primeiro vídeo da KondZilla a alcançar a marca de 100 milhões de visualizações. Pro vídeo sair lindo desse jeito, o diretor Gabriel Zerra contou que equipe levou quatro tentativas por conta de ser um filme documental, dentro de bailes de favela autênticos. Em uma das tentativas, a polícia entrou no baile e a equipe se trancou no carro e ficou aguardando terminar o surto, na outra o artista chamou muita atenção e acabou não rolando, em uma terceira, o baile tinha sido cancelado, aí na quarta vez rolou certinho.

Realizando sonhos

Antes de ser um dos diretores da KondZilla, o Kaique Alves deu uma entrevista pra Rede Globo dizendo que sonhava em trabalhar na KondZilla. Um tempo depois, ele começou a trampar na produtora como editor de videoclipes, aperfeiçoando sua técnica até começar a dirigir videoclipes. Ele é responsável pela direção de “Deu Onda”, que também é um marco na história do canal porque ele fez tanto sucesso que ultrapassou os views de “Baile de Favela”.

Gravar em Dubai

Em 2017, o MC Guimê, o Kond e o diretor Tico Fernandes embarcaram pra Dubai pra gravar um videoclipe foda com o rapper da Tunísia, K2RHYM. Pro Tico, que é diretor aqui da Filmes, esse foi um dos momentos mais marcantes do seu corre com a KondZilla porque ele nunca tinha imaginado colar em Dubai.

Indicação ao Prêmio Multishow

O videoclipe “tombei’ da cantora Karol Conka, foi o primeiro trabalho da produtora a ser indicado a um prêmio, no caso, o Prêmio Multishow em 2015 na categoria melhor videoclipe. Para nós foi um marco inesquecível, a primeira indicação foi inesquecível. Dentre tanto os trabalhos, este é mais um que temos um carinho especial.

#FavelaVenceu

Em 2017, a KondZilla gravou um videoclipe para o MC Discolado, um MC que tava iniciando no corre lá na Baixada Santista. O projeto nasceu pra dar uma força pra galera continuar trilhando o caminho do funk.

A crescente até o 1 bilhão

O sucesso de “Baile de Favela” foi só o começo do que estava por vir. Depois do videoclipe do MC João, outro veio e fez história: “Bumbum Granada”, dos MCs Zaac & Jerry, lançado em 2016. O beat envolvente ultrapassou o número de visualizações de “Baile de Favela. Depois desse, veio o MC G15 com “Deu Onda”, no finalzinho de 2016, que tocou literalmente até cansar, sendo a 3ª música mais executada em todo o mundo no mês de fevereiro de 2017. Pouco tempo depois, em março de 2017, o MC Fioti veio com “Bum Bum Tam Tam” e fez o que ninguém iria pensar. A música viralizou no mundo inteiro e passou de 1 bilhão de execuções no YouTube, se tornando o primeiro vídeo brasileiro de música do Brasil a alcançar essa marca.

O grave bateu 10 milhões de vezes

Em 2017, quando o Kevinho tinha acabado de entrar pro time de artistas da KondZilla, ele lançou o hit “O Grave Bater”. Em apenas 24 horas, o videoclipe conquistou 10 milhões de visualizações.

O videoclipe do Racionais MCs

Um orgulho para todos que trabalham na KondZilla é o videoclipe do grupo Racionais MCs, “Um Preto Zica”. O grupo é ícone do rap nacional e influenciou de forma direta todos os jovens de favela e também o início do Funk Ostentação. O videoclipe é quase um curta metragem, uma história criada pelo diretor Kond e usada neste filme. Por mais que o trabalho tenha 3 anos (gravado em 2016), esse foi um dos grandes marcos da KondZilla.

O quê você
procura?